segunda-feira, junho 13, 2005

NÃO HAVIA NECESSIDADE...

D. António Marcelino, Bispo de Aveiro, abre-se ao "Correio da Manhã" (secção "Sociedade" 13/06/05):

"Sou um activo apaixonado"

Muito bem. Bonito. Enternecedor. O que importa mesmo é o empenho e a vontade com que fazemos as coisas. Mesmo quando custa um bocadinho.

Sem comentários: